Polícia Civil faz operação contra falsificação de cigarros e prende cantor sertanejo
20/09/2017 - 9h05 em parana
 
 
 
Rafael, da dupla Fábio e Rafael, foi preso na manhã desta quarta-feira (20), em Londrina (Foto: Divulgação)Rafael, da dupla Fábio e Rafael, foi preso na manhã desta quarta-feira (20), em Londrina (Foto: Divulgação)O cantor sertanejo Rafael Francisco Frare de Siqueira, da dupla Fábio e Rafael, foi preso na manhã desta quarta-feira (20) pela Polícia Civil em uma operação contra falsificação de cigarros. Ele foi detido em um prédio de luxo em Londrina, no norte do Paraná. O ônibus da dupla foi apreendido durante a operação.

Os crimes investigados na operação são organização criminosa, lavagem de dinheiro, e crimes contra a saúde pública.

G1 tenta contato com a defesa do cantor preso.

Ao todo, 35 mandados judiciais estão sendo cumpridos em cidades do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Do total de ordens judiciais, 16 são de prisão e 19 são de busca e apreensão. A ação foi batizada de "Operação Sem Filtro".

A Polícia Civil pediu o sequestro de R$ R$ 6,5 milhões dos bens do suspeito de chefiar a quadrilha e de 19 veículos utilizados pela organização criminosa.

A Justiça determinou o bloqueio de seis contas bancárias, sendo duas delas pertencentes a empresas, ainda de acordo com a Polícia Civil.

Entre os locais onde estão sendo cumpridos os mandados de busca e apreensão estão duas fábricas de cigarro, gráficas, residência dos investigados e uma empresa utilizada para lavagem de dinheiro.

COMENTÁRIOS