Marília Mendonça morre em queda de avião em Minas Gerais
05/11/2021 18:28 em parana

 

Marília Mendonça morre em queda de avião em Minas Gerais

 

Mais quatro pessoas morreram na queda: o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o co-pilto do avião.

 

 

 

 

 

A cantora Marilia Mendonça, de 26 anos, morreu, nesta quinta-feira (5), após sofrer um acidente aéreo nos arredores da cachoeira da Piedade, em Caratinga (MG). A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG)

 

O avião de pequeno porte caiu em uma área perto de uma cachoeira em Caratinga nesta sexta-feira (5). A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros.

 

Por meio de nota, os bombeiros informaram que o chamado de socorro chegou por volta das 15h30. Além dos bombeiros, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu à ocorrência.

 

Trajetória

 

Marília Mendonça era, atualmente, uma das maiores artistas do Brasil – responsável por fazer o feminejo, a música sertaneja cantada por mulheres, se popularizar no pais. A história da cantora começou quando ela tinha 12 anos, no papel de compositora.

 

Ela escreveu canções como Minha Herança, assinada em conjunto com Frederico; Vai Ter Balanga; É Com Ela Que Eu Estou, que foi gravada por Cristiano Araújo; Até Você Voltar; e Cuida Bem Dela – sucessos de Henrique & Juliano.

 

Em 2015, aos 20 anos, Marília gravou o primeiro DVD, com direção musical de Eduardo Pepato e direção de vídeo de Fernando Trevisan. Deste show, saíram grandes sucessos nacionais, como Sentimento Louco e Infiel, tocadas ao longo do ano seguinte.

 

O segundo DVD da carreira da artista foi lançado em 2016. Chamada Realidade, a gravação com um repertório de músicas inéditas e outras já conhecidas, como Infiel e Eu Sei de Cor. A filmagem foi realizada no Sambódromo de Manaus.

 

 

 

COMENTÁRIOS